Um futuro melhor se constrói hoje




Brincando de Segurança – A Brincadeira acabou!

Brincando de Segurança – A Brincadeira acabou!

Provavelmente você leu o primeiro artigo publicado por este sindicato a respeito das condições cômicas em que se encontrava a segurança do terminal itajaiense, tanto que o artigo foi intitulado de “Brincando de Segurança”. O tempo passou e após quase 60 dias da publicação daquele artigo nenhuma providência foi tomada, nada mudou, o Porto de Itajaí permanece com a brincadeira sem graça quando o assunto é segurança

Todo o Brasil está comovido com a catástrofe natural que arrebatou a região do Vale do Itajaí, causando a fatal destruição de 3 berços de atracação do nosso porto, o clima é de incerteza, o número de desabrigados na cidade chega a 12000 pessoas, a economia do Brasil sentiu o impacto econômico da paralisação do terminal Itajaiense

Um Porto que movimenta U$ 33,000,000.00 (Trinta e três milhões de dólares) em mercadorias por dia não tem justificativa para não investir em segurança, é inadmissível o principal órgão de segurança da Autoridade Portuária não possuir sequer condições mínimas de trabalho

Devido a destruição causada pela enchente de Novembro de 2008 o Porto de Itajaí recebeu emergencialmente do governo federal aproximadamente R$ 380.000.000,00 (Trezentos e oitenta milhões de reais) para as obras de reconstrução do Porto, a ordem do dia é reconstruir o segundo maior porto do Brasil

O melhor momento para tentar fazer as coisas da maneira correta é agora, quando o porto será repensado, não podemos mais conviver com a insegurança e fecharmos nossos olhos, o segundo maior porto do Brasil expulsa saqueadores a pedradas, você não leu errado, durante a noite em que o cais e o fundo do Armazém 2 cederam, saqueadores vieram de barco através do rio tentar levar cargas depositadas no interior daquele armazém que encontrava-se vulnerável

A Guarda Portuária ao perceber o ataque, foi tentar evitar o inevitável, com ameaças verbais e pedras, já que não existe armamento para a segurança do porto cinco estrelas, o NEPOM foi acionado e impediu que o saque as mercadorias apreendidas pela Receita Federal fosse concretizado, mas e se os saqueadores estivessem armados? Além da tragédia particular de cada trabalhador seríamos novamente cenário de más notícias, funcionários mortos em serviço?

Será que é isso que estão esperando para tomarem providências em relação ao Porto de Itajaí? São várias perguntas no ar, o cais teria caído se os prazos de reformas previstos no arrendamento do terminal pelo TECONVI tivessem sido cumpridos?

Falta à Autoridade Portuária fazer o seu papel de órgão fiscalizador, intervir na orgia que o TECONVI está realizando no Porto de Itajaí, são conteineres saindo por engano do terminal cheios de mercadorias importadas, sem nenhum tipo de fiscalização, o Porto de Itajaí lavou as mãos e em nome da agilidade das operações deixou o TECONVI responsável por todo o procedimento de saída de cargas do terminal

No mais recente episódio de insegurança, durante a enchente funcionários do TECONVI forçaram a entrada pelo portão de acesso de veículos e foram detidos por um Guarda Portuário, os mesmos resistiram e tentaram forçar a entrada agredindo o Guarda Portuário verbalmente e por pouco a agressão não evoluiu para uma agressão física

Um dos responsáveis pelo TECONVI esbravejava para a Guarda Portuária que aquele prédio era propriedade DELE, que a Guarda Portuária não tinha o direito de impedir o acesso do TECONVI ao terminal, já que eles eram os donos do Porto

DONOS DO PORTO guarde bem esta expressão, pois não existe melhor descrição para a situação em que encontra-se o Porto de Itajaí, a atitude de funcionários do TECONVI / APM TERMINALS em relação ao porto e autoridade portuária é de deboche, como muito bem ilustrado pela chefe de segurança desta empresa que trata a Autoridade Portuária como uma piada, e contrariando os procedimentos do ISPS CODE restringiu o acesso da Guarda Portuária a área C, área esta que não sabemos se consta no plano de segurança portuária de Itajaí, e permitindo o acesso de pessoas através da portaria desta empresa, fazendo questão de dizer que na área deles, eles é quem mandavam

Afinal de contas quem manda? Qual a hierarquia dentro da segurança precária do porto de Itajaí?

Onde funcionários combatem saqueadores com pedras e gritos, funcionários públicos são ameaçados, tem seu acesso restringido por pessoas que eles deveriam fiscalizar, são ameaçados e agredidos verbalmente por operadores portuários, o SINTAC apenas comunica que a brincadeira acabou e este Sindicato atuará de forma a denunciar qualquer pessoa seja ela quem for de acordo com artigo 331 do código penal que trata como prática criminosa o desacato a funcionário público em exercício de sua função, sendo que como desacato caracteriza-se por ofensa, menosprezo e humilhação desde que não exista retorsão ou justa repulsa

O SINTAC pretende através deste artigo que autoridades competentes como Receita Federal, Antaq, Ministério da Defesa, Ministério da Justiça, Polícia Federal, NEPON, CESPORTOS e COMPORTOS, tomem alguma atitude e intercedam para a solução deste problema que chegou a um nível insustentável, se teremos que reconstruir o Porto de Itajaí faremos isso sobre os alicerces da justiça, respeito e honestidade

Sobre comentários

Os comentários inseridos nesta página são de responsabilidade de seus autores, o SINTAC se reserva ao direito de excluir comentários ofensivos ou que estejam fora da proposta de expressar opiniões de maneira responsável e ética


Comentário Não Associados

Nome:
Título:  


Comentário:

Os comentários de não associados só serão publicados após aprovação da moderação


Comentários sobre esta Notícia

Autor: Eduardo Ribeiro de Souza

Brincando de Segurança – A Brincadeira acabou!

Novamente em me orgulho da nova administração do Sintac, que demonstra com sua coragem, que não ficará de braços cruzados diante das irregularidades a que temos assistidos imobilizados até este momento.

Gostaria que o esforço dessa turma de irmãos e colegas de trabalho me fizesse voltar a me orgulhar de ser guarda portuário em Itajaí!

Voltar


Início Estatuto História Diretoria Financeiro Informativo Contato Legislação Links

© Copyright 2009 - Sintac - Todos os Direitos Reservados